Shares

A pressão arterial é a força com que o sangue circula pelo interior das artérias do corpo, e é composta por duas medidas, a sistólica ou “máxima”, e a diastólica ou “mínima”. A primeira corresponde ao momento em que o coração contrai, enviando o sangue para todo o corpo. A segunda ocorre quando o coração relaxa para se voltar a encher de sangue. Existem, no entanto, uma série de fatores – genéticos ou ambientais – que podem fazer com que esta pressão sobre as paredes das artérias aumente em excesso, provocando hipertensão arterial.

A inexistência de sintomas associados à hipertensão faz com que grande parte das pessoas hipertensas desconheçam estar doentes, o que impossibilita o seu tratamento e prevenção, aumentando o risco de acidentes vasculares cerebrais (AVC) e de enfartes do miocárdio.

Definições e Classificações dos níveis de pressão arterial medidos no consultório (mmHg):

Categoria Sistólica           Distólica
Óptima <120 e <80
Normal 120-129 e/ou 80-84
Normal Alta 130-139 e/ou 85-89
Hipertensão Grau 1 140-159 e/ou 90-99
Hipertensão Grau 2 160-179 e/ou 100-109
Hipertensão Grau 3 ≥180 e/ou ≥110
Hipertensão Sistólica Isolada ≥140 e <90

Fonte: Sociedade Europeira de Hipertensão – Guideline 2013


Para manter o seu coração saudável deverá ter em atenção alguns fatores de risco:

• Excesso de Peso (Obesidade);
• Consumo exagerado de sal;
• Consumo exagerado de álcool;
• Sedentarismo;
• Má Alimentação;
• Tabagismo;
• Stress.

Medidas de prevenção a adotar para manter o seu coração com saúde:

• Redução da ingestão de sal na alimentação;
• Preferência por uma dieta rica em frutos, vegetais e com baixo teor de gorduras saturadas;
• Prática regular de exercício físico;
• Consumo moderado de álcool;
• Deixar de fumar;
• Ter cuidado com o peso/obesidade.

 

Marque a sua consulta

Shares