Shares

A diabetes é uma doença crónica que se caracteriza pelo aumento dos níveis de glicemia (açúcar) no sangue e pela incapacidade do organismo processar toda a glicose proveniente dos alimentos.

De acordo com o relatório elaborado pelo Observatório Nacional da Diabetes, em 2015 a prevalência estimada da diabetes na população portuguesa com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos (7,7 milhões de indivíduos) foi de 13,3%, ou seja, mais de 1 milhão de portugueses neste grupo etário tem diabetes.

O tratamento da diabetes depende de três fatores: alimentação, atividade física e medicação.

ALIMENTAÇÃO

Apesar de necessitar de algumas regras na alimentação, o doente diabético pode ter uma vida perfeitamente normal e autónoma. A alimentação dos diabéticos deve ser tão equilibrada, variada e completa como a alimentação de qualquer indivíduo saudável. O diabético deve incluir na sua alimentação diária o consumo de hortícolas, frutos, cereais de grão inteiro e leguminosas, todos ricos em hidratos de carbono, mas igualmente ricos em fibra alimentar, vitaminas, minerais e antioxidantes. Por outro lado, os diabéticos, apesar de não estarem totalmente proibidos de ingerir açúcar ou alimentos açucarados, devem evitar o consumo deste tipo de alimentos, uma vez que contribuem para uma subida rápida da glicemia (açúcar no sangue) e apresentam, normalmente, uma elevada densidade calórica.

Vantagens de uma alimentação saudável:

  • Ajuda a manter um peso adequado;
  • Normaliza os níveis de glicemia no sangue;
  • Ajuda a controlar a tensão arterial e os níveis de colesterol;
  • Diminui o risco de ter doenças cardíacas.

ATIVIDADE FÍSICA

A prática de exercício físico com regularidade ajuda a controlar a diabetes, uma vez que estimula a produção de insulina pelo pâncreas e auxilia o transporte de glicose para as células.

Não é necessário tornar-se um atleta, no entanto caminhadas diárias de 30 minutos são suficientes para usufruir dos benefícios da atividade física. O exercício físico deve ser sempre feito com equipamento e calçado adequado.

MEDICAÇÃO

O tratamento com medicamentos é necessário no controlo da diabetes. No caso da diabetes tipo 1, onde não existe produção de insulina, é necessária a administração de insulina diariamente. A dosagem e os horários de administrações são sempre definidos pelo seu médicos. No caso da diabetes tipo 2, o tratamento inicial é feito à base de antibióticos orais, que têm como objetivo aumentar a sensibilidade do organismo à insulina, estimular a produção de insulina ou limitar a absorção de glicose pelo sistema digestivo. EM alguns casos, devido à progressão da diabetes, as pessoas com diabetes tipo 2 passam a necessitar de tratamento com insulina.

Shares