Shares

O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é uma situação de emergência, em que a pessoa afetada necessita de cuidados médicos imediatos. Quanto mais cedo a pessoa for diagnosticada e tratada menor a probabilidade de adquirir lesões. De facto, existem tratamentos específicos que só serão eficazes num determinado período de tempo após o acidente ocorrer. Desta forma, é extremamente importante reconhecer os sinais e sintomas que o caracterizam.

O AVC ocorre quando o fornecimento de sangue no cérebro é limitado ou interrompido, o que pode afetar a função das células da área afetada ou até a sua morte, provocando lesões cerebrais. As diversas áreas cerebrais são responsáveis por diferentes partes do corpo bem como do seu funcionamento. Deste modo, as lesões cerebrais podem então levar a problemas com a fala, memória, coordenação motora entre outras que podem afetar o desempenho das atividades de vida diária

O AVC pode ser hemorrágico, se um vaso sanguíneo se romper ou isquémico se ocorrer uma obstrução num vaso sanguíneo que impeça o fluxo de sangue.

Sinais e Sintomas:

Estes são os sinais/sintomas mais evidentes em caso de AVC. Se presentes, contactar de imediato o 112:

  • Dificuldade em falar: ausência completa de fala ou discurso arrastado, confuso ou incompreensível
  • Desvio da face: boca ou pálpebra descaída. Não consegue sorrir
  • Falta de Força nos membros: falta de força num braço ou perna ou alterações do equilíbrio
  • Falta de visão súbita: Visão dupla súbita assim como perda de visão completa num ou em ambos os olhos
  • Forte dor de cabeça: Dor de cabeça súbita, diferente da dor habitual sem causa aparente

O AIT (Acidente Isquémico Transitório) é também um acidente cerebral, no entanto os sintomas apresentados são temporários como o próprio nome indica, podem ficar presentes entre alguns minutos a algumas horas até desaparecerem por completo. Apesar de transitório, não deve ser ignorado, visto que é um sinal de deficiente irrigação sanguínea no cérebro.

A prevenção de Acidentes Vasculares Cerebrais passa pela adoção de estilos de vida saudáveis, alimentação equilibrada evitando gorduras saturadas e açucares, a prática de exercício físico, a cessação tabágica e o consumo moderado de álcool. Estas medidas ajudarão no controlo de peso, na prevenção da Hipertensão, Diabetes e Dislipidemia, fatores de risco associados às doenças Cerebrovasculares.

É importante também realizar rastreios e avaliações com o seu médico ou enfermeiro para reconhecer sinais de alerta, preveni-los ou detetá-los e assim modificar comportamentos que o levem a ser mais saudável.

Referências Bibliográficas:

  • Direcção Geral de Saúde , 2017. Via Verde do Acidente Vascular Cerebral no Adult. Norma NÚMERO: 015/2017 DATA: 13/07/2017
  • Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral, 2018. O AVC é uma urgência. Website: http://www.spavc.org/
  • National Health Service, 2016. Overview on Stroke. Website https://www.nhs.uk/conditions/stroke/
Shares