Shares

As Videoconsultas são um serviço que permite ter acesso a uma consulta médica à distância. Num contexto de pandemia, o recurso a esta tecnologia pode ser decisivo para dar resposta às necessidades de cuidados médicos que não desaparecem com a COVID-19. Mesmo após o atenuar das restrições impostas pela pandemia, as Videoconsultas são um serviço de grande utilidade para quem a distância, dificuldades de mobilidade ou falta de tempo para ir ao médico são motivos para adiar uma consulta. Apesar de terem características diferentes de uma consulta presencial, as Videoconsultas são uma forma de garantir que a sua saúde não fica em suspenso. Fique a saber como marcar e como funciona uma Videoconsulta na Cintramédica. Conheça também a opinião dos médicos que, mesmo à distância, continuam a prestar os melhores serviços de saúde.

 

A opinião dos especialistas

Uma Videoconsulta é, para todos os efeitos, uma consulta médica. Neste sentido, destaca-se o testemunho da experiência clínica dos médicos relativamente às vantagens, características e valências desta modalidade. Na opinião da Drª Isabel Manita, Endocrinologista na Cintramédica, as Videoconsultas são “excelentes para consultas de seguimento e reavaliações clínicas”, dando o exemplo concreto da “avaliação do aporte de insulina ou ajuste de medicação para a tiroide”. Por outro lado, o Dr. Ricardo Borges, médico de Clínica Geral na Cintramédica, refere que “as Videoconsultas são um modelo muito útil na vigilância da população mais idosa, assim como para dar resposta a pedidos de prescrições, análises ou exames complementares de diagnóstico”, funcionando “muito bem sobretudo quando não existe doença aguda”.

 

Encurtar distâncias

Num momento em que se vive uma situação particularmente delicada para a gestão da saúde nacional, as Videoconsultas são uma modalidade de consulta médica que pode fazer a diferença num contexto de pandemia, encurtando distâncias entre as pessoas e os cuidados de saúde que necessitam.

O Dr. Ricardo Borges afirma que “para quem está em casa em confinamento ou em isolamento profilático, ou mesmo para quem tem dificuldades de locomoção, esta é uma forma segura, sem deslocações, de ter acesso a um médico.” A Drª Isabel Manita partilha da mesma opinião, destacando a “capacidade que as tecnologias têm de encurtar distâncias entre os pacientes e o acesso ao seu médico”, ressalvando, porém, que este serviço “não substitui a consulta presencial”. Neste sentido, o Dr. Ricardo Borges salienta que, “apesar de não ser possível fazer um exame objetivo à pessoa, é possível fazer a colheita da história clínica do paciente, funcionando particularmente bem numa consulta de check up”.

 

Material indispensável

Antes de poder disfrutar das Videoconsultas deve ter um email pessoal. Esta ferramenta é fundamental para o envio de recibos de pagamento, prescrições médicas ou exames sem papel. Caso não tenha uma conta de email ou não esteja à vontade com as tecnologias, peça ajuda a um elemento da sua família ou a um amigo na criação e configuração da sua conta de email.
Para a realização de uma consulta médica irá precisar de um telemóvel com acesso à Internet, um tablet ou um computador. Estes equipamentos devem ter uma câmara e microfone para poder falar, ouvir, ver e ser visto pelo seu médico.
É recomendável que, no dia da sua Videoconsulta, assegure que se encontra num local com bom acesso à Internet de modo a que a sua Videoconsulta decorra com a melhor das qualidades.

 

Como marcar?

O primeiro passo é verificar no site da Cintramédica quais as especialidades disponíveis para este serviço. Depois, deve entrar em contacto com o Apoio ao Cliente através dos vários canais disponíveis (email, chat de Facebook ou WhatsApp, além dos tradicionais). Marque o dia e a hora da sua Videoconsulta e aguarde pelo envio da referência multibanco para pré-pagamento. O pagamento da sua Videoconsulta deverá ser feito num prazo até 48 horas após o recebimento dessa referência multibanco. Assim que fizer o pagamento a equipa Cintramédica recebe o comprovativo de imediato, sendo automaticamente emitido um recibo com os seus dados e enviado para o seu email. Na véspera da sua Videoconsulta irá receber um lembrete para o recordar da sua marcação, tal e qual como acontece com uma consulta normal.

 

Simples, prático e seguro

É muito fácil iniciar a sua Videoconsulta. 5 minutos antes da hora marcada irá receber um link na sua caixa de email e SMS para aceder à plataforma. Não necessita de nenhuma aplicação, nem tem de fazer nenhum download. Basta clicar no link escrito no SMS ou no email e permitir o acesso à sua câmara e microfone do seu telefone, tablet ou computador para se fazer ver e ouvir.

À hora marcada, o seu médico estará a falar consigo, ao vivo e a cores. Uma das valências da plataforma de Videoconsultas é a partilha de ficheiros, seja em formato pdf, jpeg, ou de uma fotografia digital que tenha das suas análises ou exames. Quando terminar a sua consulta, todos os documentos partilhados serão enviados para o seu email. E não se preocupe com a privacidade que está garantida. As Videoconsultas na Cintramédica realizam-se através de uma plataforma que é compatível com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) e está em conformidade com a Norma nº 010/2015 da Direção Geral da Saúde sobre telemedicina.

 

Videoconsultas na Cintramédica

No final da sua Videoconsulta, há sempre um painel de inquérito facultativo destinado a avaliar a sua experiência, registando não só o seu feedback, mas também servindo como ferramenta de qualidade para melhoria e adaptação do serviço de Videoconsultas da Cintramédica às suas expetativas e necessidades.

As Videoconsultas da Cintramédica contam com dezenas de médicos e várias especialidades sendo possível, com o tempo, que venham a ser incluídas mais especialidades e médicos a esta plataforma inovadora. Por isso, fique atento e adira a este novo serviço. Se tem uma necessidade de cuidado de saúde que não necessita a sua presença física, não deixe a sua saúde em suspenso: este serviço é para si.

Shares